Exposição - Registros, Processos e Projetos e Lançamento do catálogo 2009


Casa Contemporânea, espaço de Marcia Gadioli e Marcelo Salles abre a exposição Registros, Processos e Projetos juntamente com o lançamento do catálogo das exposições DesOcupação, ENTREATOS e Ocupação, que aconteceram no 2º semestre de 2009. 

A exposição, organizada pelo issotudoégrupo, coloca em discussão curadoria através dos projetos enviados pelos artistas Adriana Affortunati, Felipe Bittencourt, Rafaela Jemmene e Renato Pera. O arquiteto Marcelo Salles apresenta o projeto de reforma da Casa. 

No mesmo dia do lançamento haverá conversa com os artistas Adriana Affortunati, Ana Sario, Anne Cartault, Felipe Barros, Mariana Chaves, Renato Pera e Silvia m, mediada pelo issotudoégrupo, aberta ao público às 11:30 e performance de Felipe Bittencourt ás 14:30. (de 06/03 a 08/05).



TEXTO FEITO PARA O LIVRO DE ARTISTA QUE FAZ PARTE DA EXPOSIÇÃO REGISTROS PROJETOS E PROCESSOS, por Rafaela Jemmene


Rafaela Jemmene, Projeto para Lareira, tridimensioanal, MDF, 2009.

Relacionar as questões do meu trabalho com um determinado espaço. Esta foi uma das questões que foram propostas pela Casa Contemporânea, para os artistas que participaram das exposições que fizeram parte da inauguração da Casa, sobretudo, das edições das exposições intituladas ENTREATOS. E assim os projetos, Sem título (site specific – apresentado na ENTREATOS II) e o Projeto para Lareira (tridimensional que participou da exposição Ocupação), surgiram dos questionamentos que fazem parte de meu trabalho como também a relação que eles poderiam ter com o espaço que foi disponibilizado para fazê-los.

Rafaela Jemmene, Sem título, site-specific, 2009.

No site specific as medidas utilizadas para os desenhos realizados diretamente na parede, foram as mesmas do vão da janela e do cofre, que foram rebatidas em todo o quarto. Ao fazer o desenho, em alguns lugares lixei a parede. Durante este processo, encontrei dois desenhos feitos há muitos anos, pois estavam na camada de tinta mais antiga. Eram desenhos de lareiras feitos a lápis, direto na parede parecia esboço; como se a pessoa que o fez não quisesse perder a ideia e o fez ali mesmo, na parede do quarto, deixando a possibilidade de realização de um desejo que não se efetivou naquela casa, pois ela não tem lareira.

O espaço onde os meus trabalhos foram apresentados era um quarto. Antes da reforma havia nele um armário, um cofre (este permaneceu) e as marcas do mobiliário e das coisas que ficavam penduradas na parede. Era um espaço cheio de memória e histórias. Com pensamento nisso, fiz os trabalhos. No site specific, as camadas de tempo eram muito presente, e assim as camadas de espaços sugeridos e imaginados me pareciam muito pertinentes para o momento, é uma questão que venho lidando há algum tempo. O Projeto para Lareira é uma possibilidade, é um devir; mas é também memória de uma ideia, de uma vontade que não chegou a se concretizar... Esta descoberta ficou em minha cabeça e sintetizei um destes desenhos e o rebati no retângulo à frente dos que havia encontrado, ao lado do cofre. Porém estes desenhos me acompanharam e me instigaram a pensá-los, como uma possibilidade de trabalho. E assim decidi fazer os desenhos do tridimensional Projeto para Lareira, e viabilizá-lo. A lareira foi construída por um marceneiro, que seguiu a risca o projeto. Foi feita em madeira, pois ainda era um uma maquete de lareira. É uma possibilidade, porém não é uma lareira para ser acessa, pois se isso acontecesse ela também incendiaria. Apesar de seguir medidas de uma lareira convencional, é por hora apenas uma possibilidade de ser, porém que ainda não se completou em sua totalidade, no sentido que a vontade de tê-la permanece, e ela ainda é um desejo a se realizar.



Lançamento do catálogo 2009 das exposições DesOcupação, ENTREATOS I, II, III e IV e Ocupação.

Casa Contemporânea apresenta o catálogo de suas exposições. Uma proposta diferenciada onde consta, não só o registro, mas também um trabalho inédito de cada artista participante. Portanto, ao adquirir este volume voce passa a ter uma pequena coleção de autênticos trabalhos de significativos artistas que estão na Casa Contemporânea.

Abertura da exposição “Registros, Processos e Projetos” juntamente com o lançamento do catálogo das exposições DesOcupação, ENTREATOS e Ocupação, que aconteceram no 2º semestre de 2009. A exposição, organizada pelo issotudoégrupo, coloca em discussão curadoria através dos projetos enviados pelos artistas Adriana Affortunati, Felipe Bittencourt, Rafaela Jemmene e Renato Pera. O arquiteto Marcelo Salles apresenta o projeto de reforma da Casa. No mesmo dia do lançamento houve uma conversa com os artistas Adriana Affortunati, Ana Sario, Anne Cartault, Felipe Barros, Mariana Chaves, Renato Pera e Silvia M, mediada pelo issotudoégrupo.


Registros fotográficos: Aline Calado Pivato, Allann Paulo,Valentina Pinaud e Lucas Ribeiro.



Casa Contemporânea - Rua Capitão Macedo, 370 - Vila Mariana - São Paulo (SP).


https://casacontemporanea370.com/2009/conversas/conversa-com-artistas-lancamento-de-catalogo/


https://panoramacritico.wordpress.com/2010/03/05/registros-processos-e-projetos/