EXPOSIÇÃO OCUPAÇÃO


Dando continuidade à proposta que se iniciou com a exposição DesOcupação, ocorrida em julho deste ano, abrimos agora Ocupação. Enquanto na primeira os trabalhos selecionados lidavam com o tema “espaços” em suas variadas formas e interpretações mas também, e não menos importante, com os ambientes da casa, buscando o diálogo e interação entre eles, a exposição Ocupação usa o mesmo tema mas agora os trabalhos são mais autônomos em relação aos ambientes onde estão expostos, fruto da reforma que adaptou a Casa. Isto se reflete na seleção dos trabalhos; pinturas, vídeos, gravuras, tridimensional, site specific, intervenção, mostram espaços menos reconhecíveis, imaginários ou não, espaços que deixaram de existir de uma forma e se apresentam de outra, seja através de lembranças, memórias arquivadas, manifestações que ativam esses espaços que hoje se mostram modificados mas que, nem por isso, esquecem seu passado. São trabalhos de treze artistas que entenderam e colaboraram com nossa proposta e desafio do que a Casa Contemporânea será: uma casa que acolhe novos artistas com interesse e produção em arte contemporânea e áreas afins (arquitetura, urbanismo, moda, teatro); um local para discutir, ver e pensar. Ao fim deste ciclo inicial gostaríamos de agradecer aos artistas que participaram das exposições, ao issotudoégrupo e ao Beco da Arte pelo empenho e pelas conversas e, finalmente, ao pessoal da obra comandado pelo mestre George Alan Barbosa. A Casa Contemporânea está aberta. Entre. E seja bem vindo.



Trabalho apresentado nesta exposição: Rafaela Jemmene, Projeto para lareira, tridimensional, MDF, 2009.