Exposição DesOcupação



Casa Contemporânea será um espaço multidisciplinar que englobará artes visuais , arquitetura e psicologia, localizado à rua Capitão Macedo, 370 – Vila Mariana, a ser aberto proximamente. A inauguração será feita gradualmente, através de três eventos: o primeiro, denominado DesOcupação, acontecerá antes do início da reforma de adaptação dos ambientes. Será uma exposição com obras de artistas que tenham produção voltada para a representação do espaço, em suas variadas formas, que acontecerá entre 17 e 26 de julho. Entreatos será a segunda etapa, quando então o espaço estará em mutação: a casa em processo de reforma. Demolição, quebra, surgimento de novos espaços; é este o terreno fértil onde artistas podem criar utilizando novas mídias e/ou abordagens: teatro, performances, sites specifics, música, vídeos. Ocupação será a terceira etapa, com uma exposição nos espaços projetados e já alterados para receber outras funções que não as originais de uma residência. Esta exposição será um diálogo em contraponto com DesOcupação. Curadoria: issotudoégrupo - grupo de estudos e pesquisa em arte contemporânea, formado pelos artitas visuais: Gilda Morassutti, Marcelo Salles, Marcia Gadioli e Rafaela Jemmene.



Quando entramos pela primeira vez nesta casa ficamos fascinados não só pelos espaços em si e suas possibilidades, mas também pela carga de lembranças que ela ainda hoje possui. Ao longo de um processo de quatro meses, a idéia de viabilizar uma exposição utilizando esses espaços foi adquirindo forma; e ela só se tornou possível pelo empenho dos integrantes do grupo de estudos em arte contemporânea issotudoégrupo, composto também por Gilda Morassutti e Rafaela Jemmene, que contribuíram decisivamente na viabilização dessa idéia. Assim sendo, definiu-se um eixo curatorial onde os trabalhos deveriam lidar com o tema “espaços” em suas várias interpretações possíveis. Elaboramos o texto conceituando a exposição e cada um dos quatro integrantes do issotudoégrupo indicou artistas que tivessem trabalhos que seguissem o eixo definido. Visitamos ateliês, artistas visitaram a casa, reuniões aconteciam quase que diariamente, tudo concorrendo para que artistas, trabalhos e espaços fossem se definindo. Daquela idéia inicial de lidar com espaços, os trabalhos escolhidos foram tornando o diálogo pretendido ainda mais instigante: fotografia, pintura, desenho, instalação, vídeo, site specific, gravura; mostram espaços que deixaram de existir, mas mantém suas marcas, espaços reconhecíveis ou não, imaginários, ativados por trabalhos que causam estranheza ou inspiram delicadeza, espaços visíveis vistos de outro modo. Ao abrirmos as portas a você queremos que se sinta em casa. Que caminhe pelos cômodos, que guardam as marcas da ocupação anterior, onde os trabalhos dialogam de várias maneiras, numa espécie de celebração do que foi e do que é, mas, principalmente, do que virá a ser a Casa Contemporânea. Seja bem vindo. (Márcia Gadioli e Marcelo Salles).

Visitação: 18 a 26 de julho, das 14 às 18h Exposição com obras de artistas que tenham produção voltada para a representação do espaço, em suas variadas formas, que acontecerá entre 17 e 26 de julho de 2009. Casa Contemporânea - São Paulo (SP).